Dentista em Balneário Camboriú, SC: Rua 1101, nº 60, sala 131 - Whatsapp: (47) 988019840
(47) 33674822

Benefícios da Escova Dental Elétrica

Observamos ao longo de mais de trinta anos de clínica que a maioria dos pacientes acha que são detentores de conhecimento suficiente em relação aos dentes e à higiene bucal. Em verdade, isto não acontece, como se tem verificado, pois os atos mecânicos de higienização bucal somente se adquirem a partir do momento em que sejam feitos de modo inconsciente, ou seja, automático, vindo a representar hábitos e atitudes permanentes. Em outras palavras, após a instalação de um software no lado direito de nosso cérebro.

Para tanto, faz-se necessário utilizarmos um processo de comunicação que almeje a motivação do paciente. Consequentemente, este é o grande desafio dos profissionais da área de saúde. Enfim, promoção de saúde é qualquer ação que estimule o auto diagnóstico e auto cuidado do paciente. Procurando dar um motivo para os mesmos higienizarem melhor sua boca e seus dentes.

escova-eletrica-philips

 

Na busca de conhecer métodos que os estimulem a realizar esses cuidados no dia a dia de forma continua, vislumbramos que um dos motivos que os estimulam a continuar cuidando dos dentes e gengiva é o uso das escovas elétricas, principalmente nos menores. Pois todos nós queremos utilizar escovas e outros acessórios de higiene bucal que deem a sensação de dentes limpos, lisos e brancos. Então, o que nos dá essa sensação? Em primeiro lugar, é a "profilaxia profissional sistemática e, em segundo, a continuidade desta profilaxia em casa com uma excelente escovação mediante escovas macias e escova dental elétrica.

Escovas elétricas

Escova dental elétrica é uma escova de dentes que usa energia elétrica para mover a porção das cerdas, normalmente em um movimento oscilante, apesar de escovas elétricas serem frequentemente chamadas de escovas rotativas.

Em meados de 1800, nos Estados Unidos, o Dr. George A. Scott alegou ter inventado uma escova de dentes elétrica.

Vários estudos constataram que as escovas elétricas de "rotatividade-oscilante" realizam a limpeza marginal da gengiva melhor que uma escova manual. Além disso, por causa de seus movimentos, estas escovas tem o poder de retirar partículas de comida com muito mais precisão do que uma escova normal. Sua única desvantagem é o valor que é compensado pela sua durabilidade e pela saúde da sua boca.

Qual a melhor escova elétrica?

Tive a oportunidade de experimentar as marcas Oral-B, e recentemente a marca Philips - apontada em pesquisas como a melhor marca. Posso dizer que a Philips Sonicare remove a placa bacteriana com mais facilidade do que suas concorrentes.

Onde comprar?

Nos EUA as escovas elétricas podem ser encontradas em qualquer farmácia. No Brasil, a marca Philips pode ser adquirida pelo site do Polishop que trouxe o modelo para o país. Clique aqui para acessar a loja virtual para conhecer todos os modelos Philips.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 

  1. Bratthall D, Ribeiro JO. O programa sueco de saúde oral para adultos. Rev. Bras. Odont., 45: 2-8, 1988.
  2. Couto JL. Avaliação clínica de um filme em videocassete na motivação de pacientes à higiene bucal. Dissertação [Mestrado em Periodontia]. São Paulo: Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo. 1993.
  3. Couto JL. A importância da comunicação na motivação de pacientes à higiene bucal e ao tratamento periodontal de manutenção. [Tese de Doutorado em Odontologia, Subárea Periodontia], Universidade Vale do Rio Verde, UNINCOR, 2002.
  4. Couto JL, Duarte CA. Comunicação e motivação em periodontia – Bases para o tratamento odontológico, 1.ed. São Paulo: Livraria Santos Editora Com. Import. Ltda., 2006, 157p
  5. Couto JL, Couto RS, Duarte CA. Avaliação clínica de um filme em videocassete como reforço da motivação direta de pacientes à higiene Bucal. RGO; 42: 44- 48, 1994.
  6. Couto JL, Couto RS, Duarte CA. Prevenção e Motivação na Clínica odontológica. In: LASCALA, N.T. Prevenção na Clínica Odontológica, 1ª ed., São Paulo: Artes Médicas, 1997.
  7. Couto JL, Couto RS, Duarte CA. A importância da comunicação na motivação de Pacientes à higiene bucal e ao tratamento periodontal de manutenção. RGO; 51:401-406, 2003.
  8. Junqueira Luz AS, Couto JL. Avaliação do uso da tira de gaze como agente coadjuvante no controle da placa bacteriana. Revista do CROMG 8:108-14, 2002.
  9. Robinson PG, Deacon SA, Deery C, Heanue M, Walmsley AD, Worthington HV, Glenny AM, and Shaw WC. Manual versus powered toothbrushing for oral health. Cochrane Database of Systematic Reviews 2007, Issue 4

Sem comentários.

Deixe seu comentário