Dentista em Balneário Camboriú, SC: Rua 1101, nº 60, sala 131 - Whatsapp: (47) 988019840
(47) 33674822

Clareamento Dental

Dentes mais claros deixam o sorriso mais jovem e destacam mais o sorriso. Porém, existem fatores que podem contra indica-lo. Confira.

Com algumas precauções é possível realizar o clareamento dental com segurança e minimizar a sensibilidade dos dentes.

Uma queixa muito freqüente dos pacientes submetidos ao clareamento dental é a sensibilidade. Hoje existem várias técnicas disponíveis, com resultados excelentes, porém a questão sensibilidade continua sendo um problema para algumas pessoas.

De acordo com o professor da Associação Paulista de Cirurgiões Dentistas, José Mandia Jr, para que o desconforto seja mínimo ou inexistente, o clareamento deve ser feito de forma lenta, observando-se a reação que causa no paciente, tanto no que diz respeito à eficácia, como ao grau de sensibilidade.

“Pode-se também utilizar logo após o clareamento soluções desensibilizantes à base de fluoreto de sódio e nitrato de potássio”, diz o especialista, que explica que a intenção é chegar ao melhor resultado minimizando o desconforto e com segurança.

Entrevista da Dra. Rosemary para um programa de TV

O processo de clareamento

O clareamento na verdade é uma reação química. As substâncias vão liberar oxigênio, que é um radical livre. Dentro do dente existem os pigmentos que levaram ao escurecimento dental. O oxigênio penetra no dente e quebra a cadeia de pigmentos em pequenas moléculas que são eliminadas por processo de difusão, isto é, uma reação química de oxidação que converte os pigmentos em dióxido de carbono e água.

O dente é permeável e o efeito é cumulativo, portanto a cada seção o dente vai clareando cada vez mais até eliminar toda pigmentação.

Tanto para o dente ficar protegido quanto em relação à sensibilidade é importante realizar o clareamento lentamente.

  • No clareamento doméstico (clareamento dental em casa) o paciente irá utilizar uma moldeira, na qual colocará o gel clareador, de peróxido de carbamida, em concentração que varia de 10 a 20 por cento. Deve-se utilizar a moldeira com o gel pelo período de uma hora. De dia ou de noite, durante duas semanas em média.
  • No clareamento em consultório será utilizado um gel de peróxido de hidrogênio em alta concentração, ou seja, 35 por cento podendo-se associá-lo ou não ao uso do laser.

Fonte: Villa Comunicação

Casos Clínicos:

Os dentes vão ficando cada vez mais escuros de acordo com o passar dos anos, devido à alimentação (café, chocolate, refrigerantes, vinhos), cigarros, batons, antibióticos, enxaguadores bucais, entre outros.

Felizmente, hoje em dia quem apresenta dentes escuros não está fadado a tê-los para sempre. Clarear os dentes se tornou uma prática comum.

A coroa do dente é recoberta por esmalte que é translúcido e, por baixo dele, temos a dentina que dá cor ao dente.

Existem várias maneiras de clarear os dentes. Para dentes vivos, a mais comum é a da moldeira que se ajusta aos dentes do paciente e é colocado um gel a base de peróxido de carbamida. Quando o gel entra em contato com a saliva, libera oxigênio e promove o clareamento dos dentes. Detalhe: não clareia as restaurações. Então, o paciente deve esperar gastos extras na substituição de restaurações após o clareamento. Este gel deve ser usado quatro horas por dia, durante 10 dias em média, geralmente à noite.

Outro modo de clarear os dentes é através do peróxido de hidrogênio, que é um produto mais forte e é usado no consultório odontológico, numa sessão de mais ou menos 40 minutos. Será feitar uma profilaxia (limpeza) com jato de bicarbonato e o produto é colocado sobre os dentes e aplica-se uma luz azul para acelerar o processo.

Esses dois processos têm o inconveniente de deixar os dentes sensíveis e irritar um pouco as gengivas, o que causa um certo desconforto, na maioria dos casos bem suportável.

Existe ainda o clareamento a laser, que é uma forma rápida e confortável, apesar de um pouco mais dispendiosa. Utiliza o peróxido de hidrogênio como substância clareadora e aplica-se a luz do laser.

Pesquisa feita com método a laser versus o método do peróxido de hidrogênio comprovou que o laser age com maior eficiência deixando os dentes mais brilhantes, menos sensíveis, isso porque o laser não aquece e não desidrata o gel, a reação é química. Porém, como os outros tipos de clareamento, o clareamento dos dentes não é igual o das restaurações, necessitando a substituição e manchas mais resistentes podem precisar de outros recursos estéticos para que o sorriso fique perfeito.

Mas cuidado! Nem toda mancha clareia de um mesmo modo. Existem casos que o peróxido de carbamida é a substância indicada, em outros o peróxido de hidrogênio dá um resultado melhor - como nos casos de manchas de tetraciclina e fluorose, por exemplo. Ainda existem outras técnicas para dentes tratados endodonticamente (tratamento de canal). Portanto é importante fazer o clareamento com a supervisão profissional, pois só um dentista saberá indicar qual o processo mais adequado no seu caso.

Clareamento Dental Laser

Clareamento Dental com Laser

A revolução do Clareamento Dental com Laser não é por acaso. É surpreendentemente mais rápida e confortável: apenas 1 hora, em média, com todo o bem-estar, sem anestesia e sem dor, contra os 30 dias necessários para o desconfortável e demorado clareamento dental caseiro com moldeira. E você tem a segurança de ter um cirurgião dentista cuidando de sua saúde oral e garantindo eficiência nos resultados.

CUIDADO!

Existem produtos no mercado para clareamento. Com certeza eles irão clarear seus dentes, mas é muito importante à supervisão e orientações do cirurgião dentista para que se obtenha um tratamento eficiente e duradouro, além do que não é conveniente usar indiscriminadamente esses produtos, pois eles poderão, em longo prazo, danificar seus dentes se usados de forma incorreta.

A bem da verdade, o melhor clareamento é aquele em que o paciente mantém um alto nível de higiene bucal doméstica, controle e manutenção do tratamento sistemático mediante profilaxias com jato de bicarbonato, polimento entre outros. E, principalmente, procurar evitar o uso de alimentos e substâncias que escurecem os dentes.

Clareamento Dental em Balneário Camboriú

Agende agora mesmo uma avaliação para o tratamento de clareamento dental. Atendemos clientes de todo o Brasil em Balneário Camboriú - Santa Catarina. Clique aqui ou ligue para +55 47 3367-4822.

Referências Bibliográficas

  • Baratieri L.N. et al. Odontologia Restauradora, 1 ed. São Paulo: Santos livraria editora.p. 673-722, 2002.
  • Goldstein, E.G. Troque seu sorriso. 2a. Edição, Quintessence, Publishing Co., Inc. Rio de Janeiro - RJ. 1991.
  • Jota, P. Revista Cláudia, pág.110-12, junho, 1999.
  • Luduvig, M.M. Revista Cláudia, pág.125-7, maio, 2002.
  • Peixoto, P. Revista Cláudia, pág.87, janeiro, 2000.
  • Revista Nova, pág.53, abr. /maio, 2002.
  • Todescan, J.H. Website http://maisvoce.globo.com/ 10/05/02

1 Resposta

  1. Quanto custa o clareamento a laser?

Deixe seu comentário